#RPGaDay 2: O primeiro RPG que eu mestrei

Como eu disse ontem, minha primeira experiência com o RPG não foi nada boa. Mas eu resolvi insistir, mesmo que fosse preciso mestrar sem nunca ter jogado direito. E foi o que eu fiz.

Nas férias no início de 2004 eu havia adquirido o manual básico de O Senhor dos Aneis RPG, que usava o sistema CODA. Eu também havia ganhado de minha madrinha os suplementos Animais Cruéis e Mágica ProgidiosaSociedade do Anel – Livro de Referência, então eu acreditava estar pronto para tentar minha primeira vez como mestre. Eu reuni três amigos numa manhã de domingo (um deles é meu amigo até hoje e fez parte de meu mais durável grupo) e narrei pela primeira vez.

Me lembro bem o quanto eu estava nervoso. Tive dificuldade em narrar em primeira pessoa, e me enrolei um pouco com o sistema. Mas foi o início de uma campanha divertida. Os personagens se encontraram em Bree, atendendo a um chamado do próprio Gandalf. A cidade era repentinamente cercada por orcs e wargs, e os personagens dos jogadores lideraram a defesa. Saindo de Bree, eles ainda passaram pela Floresta Velha e se encontraram com Tom Bombadil em pessoa. E é tudo que eu consigo lembrar.

A campanha durou quase o ano todo, e terminou na Batalha dos Campos de Pelennor, acompanhando toda a Guerra do Anel, nos bastidores. Naquela época eu ainda não sabia narrar direito, e as sessões se resumiam a combates, mas foi um bom começo, e algumas cenas divertidas são lembradas até hoje.

Amanhã, o primeiro RPG que eu comprei! E não, não foi O Senhor dos Aneis!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s