Gamma Dragon – a criação de personagens

Neste post falaremos um pouco sobre a criação de personagens em Gamma Dragon.

O método

O método padrão de criação de personagens em GD é o seguinte:

Passo 1 –  determine as origens do sobrevivente: role duas vezes na tabela de origens.

Passo 2 – determine os valores dos atributos do sobrevivente: role 3d6 seis vezes e distribua os valores obtidos dentre os atributos, na seguinte ordem: Força, Constituição, Destreza, Percepção, Inteligência e Comunicação.

Passo 3 – determine as mutações do sobrevivente: role duas vezes na tabela de mutações benignas de cada uma das origens do sobrevivente e uma vez na tabela de mutações malignas de cada uma das origens do sobrevivente. Caso o sobrevivente possua apenas uma origem, role quatro vezes na tabela de mutações benignas e duas vezes na tabela de mutações malignas.

Passo 4 – determine os equipamentos do sobrevivente: role duas vezes na tabela de armas, uma vez na tabela de itens de proteção e duas vezes na tabela de itens gerais.

Como vocês podem notar, esse é um método totalmente aleatório. Para aqueles grupos que querem fazer algumas escolhas na hora de criar seus personagens, há outros métodos possíveis.

Origens e mutações

Vocês devem ter notado que as principais características de um personagem em GD são sua origens. As origens determinam a natureza do personagem. Elas são: Humano, Animal, Inseto, Planta e Máquina. Combinando duas origens de forma aleatória, o personagem pode ser qualquer coisa, inclusive um humano puro (mas ainda assim com mutações).

Cada origem tem algumas características. Vejam como exemplo a origem Humano:

Características de Humanos
Nível Comunicação Aumentada Artefatos Antigos Interação com Máquinas
1 +1 (+2) +5% (+10%)
5 +1 (+2) +2 (+3) +10% (+15%)
9 +1 (+2) +3 (+4) +15% (+20%)

Após determinar as origens, são determinadas as mutações. Cada origem tem uma lista de mutações benignas e uma lista de mutações malignas. Aqui vão como exemplo as listas de mutações da origem Planta.

Mutações Benignas:

Mutações Benignas de Plantas
1d20 Mutação Benigna
1 Aquático
2 Ataque Maior
3 Camuflagem
4 Constituição Maior
5 Defesa Maior
6 Escalador
7 Escavador
8 Força Maior
9 JP de Constituição Maior
10 JP de Força Maior
11 Passos Leves
12 Proteção Maior
13 Recuperação Rápida
14 Resistência
15 Resistência Maior
16 Tamanho Grande
17 Tentáculos
18 Veneno
19 Vitalidade Maior
20 Voador

Mutações Malignas:

Mutações Malignas de Plantas
1d20 Mutação Maligna
1 Ataque Menor
2 Audição Ruim
3 Comunicação Menor
4 Defesa Menor
5 Destreza Menor
6 Evolução Lenta
7 Força Menor
8 Inteligência Menor
9 JP de Comunicação Menor
10 JP de Destreza Menor
11 JP de Força Menor
12 JP de Inteligência Menor
13 JP de Percepção Menor
14 Percepção Menor
15 Proteção Menor
16 Recuperação Lenta
17 Tamanho Pequeno
18 Velocidade Menor
19 Visão Ruim
20 Vulnerabilidade

Exemplo

As mutações determinam alguns modificadores e algumas habilidades do personagem, mas não a aparência – esta é determinada inteiramente pelo jogador. No exemplo a seguir, vocês verão como é possível personagens com as mesmas origens e mutações serem muito diferentes. Note que cada mutação tem regras que não serão descritas aqui, mas elas também podem servir de base para a descrição do personagem.

Origens: Humano e Planta (Fungo)

Mutações Benignas de Humano: Ambidestria, Psiquismo.

Mutação Maligna de Humano: Ataque Menor.

Mutações Benignas de Planta: Tentáculos, Voador.

Mutação Maligna de Planta: Visão Ruim.

Descrição 1: o sobrevivente é um homem-cogumelo com poderes psíquicos. Seus tentáculos são psiônicos, e também é pelo psionismo que ele é capaz de voar.

Descrição 2: o sobrevivente é uma colônia de fungos psiônicos que dominou o corpo de um humano, fazendo brotar tentáculos e asas.

Descrição 3: o sobrevivente é um homem capaz de controlar fungos, cujos esporos o permitem controlar mentes. Ele pode fazer surgir rapidamente em seu corpo asas e tentáculos.

Equipamentos

Por fim, o sobrevivente terá determinados seus equipamentos iniciais. Estes sempre serão armas, armaduras e ferramentas improvisadas, feitas com sucata, partes de objetos e pedaços de materiais como plástico, metal, madeira, etc.  Após rolar seus equipamentos, o jogador pode interpretar os resultados como quiser. Por exemplo, caso ele consiga uma arma cortante média e uma armadura de partes grandes, ele pode portar uma espada feita de uma placa estreita de metal afiada com cabo tirado de uma espingarda quebrada e vestir uma armadura feita de placas e sinais de trânsito; ou pode portar uma com um cabo de uma pá preso a uma lâmina circular de um cortador de grama e vestir uma armadura feita de listas telefônicas entrelaças e amarradas.

O comércio é realizado com itens de troca, e os personagens possuem alguns destes itens inicialmente, como água potável, combustível, alimento desidratado e matéria prima (plástico, metal, etc.).

Finalizando

Tentamos neste post mostrar um pouco como funciona a criação de personagens em Gamma Dragon, mas muitos detalhes foram deixados de lado. De qualquer maneira, esperamos a sua colaboração!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s